COMO FUNCIONA O ACELARADOR INTELIGENTE DOS CAMINHÕES?

Scania e Volvo oferecem no Brasil modelos com tecnologia que visa diminuir o consumo de diesel

O desenvolvimento de novas tecnologias que beneficiam o proprietário da empresa, o funcionário e o consumidor final pode ser um diferencial na hora de vender um caminhão. Pensando nisso, algumas marcas estão lançando modelos com acelerador inteligente, como a Volvo e a Scania.

Enquanto o Brasil ainda não tem uma grande frota de caminhões elétricos, essa é uma opção que vem ao encontro do maior interesse dos transportadores, que é a maior rentabilidade da operação.

Com o desenvolvimento de caminhões cada vez mais caros para o cliente, soluções que abaixam os custos operacionais se tornam bem relevantes, especialmente em tempos que o preço do diesel só aumenta nos postos de combustíveis.

Scania 

O acelerador inteligente lançado pela Scania, aliado a outros itens da nova linha, ajuda a entregar até 20% de economia de combustível em relação aos modelos da geração anterior.

Esse desempenho pode colocar os modelos como os mais econômicos do segmento, superando até o novo DAF XF, que proporciona o menor consumo de diesel do mercado.

A soma da economia de combustível é composta pelos seguintes fatores: sistema de injeção de alta pressão (8%), aerodinâmica externa aprimorada da cabine (2%), otimizações da caixa de câmbio automatizada Scania Opticruise (2%), controle de velocidade de cruzeiro preditivo baseado em mapa topográfico com navegação por GPS Scania Actcruise (3%) e os 5% do acelerador inteligente.

A economia do acelerador inteligente da Scania foi comprovada após 500 mil km de testes. O item é opcional na linha 2021/2022, que está em fase de pré-venda, e os primeiros caminhões com este sistema serão entregues a partir de 1º de agosto deste ano.

Volvo 

Apresentado ainda em 2019, o acelerador inteligente da Volvo foi desenvolvido através de um software da empresa sueca com o objetivo de diminuir o consumo de combustível.

Em caso de descidas, a força da gravidade usa a inércia para ganhar velocidade, fazendo com que o motorista precise acelerar menos. Dessa forma, mesmo que ele acelere, a eletrônica vai fazer com que a injeção de combustível seja otimizada.

Dentro do motor são várias as inovações: novos anéis raspadores, novas camisas, módulo eletrônico e mudanças no turbo com um novo rotor. Juntando tudo isso, o pacote permite até 10% de economia no consumo de combustível.

Esse percentual varia de acordo com a carga que o motorista estiver transportando e depende, também, do piso e do relevo em que ele estiver transitando, além da variação de velocidade.

Foi feita uma mudança no óleo lubrificante indicado, que agora tem menor viscosidade, diminui a resistência no movimento dos componentes internos do motor e, por isso, proporciona menor consumo de combustível, possibilitando também um maior intervalo de troca do lubrificante.

O acelerador inteligente da Volvo passou por 1 milhão de quilômetros de testes antes de ser implementado.

Fonte: ICarros

... Veja ofertas de Veículos Seminovos e Usados

Para proteger e melhorar a sua experiência no site, o Carros no Vale usa cookies :)
Ao navegar pelo site, você declara estar ciente dessas condições.