Cuide das rodas para evitar prejuízos

Busque profissionais qualificados para fazer a recuperação. Fiegenbaum Rodas e Consertos dá dicas de como proceder para garantir a segurança do carro

As chuvas constantes deixaram as estradas e rodovias esburacadas. A situação pode causar danos nas rodas e reduzir a sua vida útil. Empenada, trincada, torta ou apenas ralada. Qualquer desses defeitos pode afetar a segurança do motorista e dos ocupantes de um automóvel.

Com 30 anos de experiência, o proprietário da Fiegenbaum Rodas e Consertos, com sede em Lajeado, Fernando Fiegenbaum destaca que as avarias nas rodas podem ser estéticas como também estruturais.

Trincas, amassados ou empenamentos são mais comuns do que se imagina. Na maioria dos casos, os prejuízos são causados pelo impacto em buracos, valetas, quebra-molas, desníveis nos asfaltos provocados por caminhões com excesso de peso, sinalizadores, paralelepípedos e também por rasparem em guias (meios-fios). “Quanto mais baixo o perfil do pneu, mais fácil de causar danos. Ele não absorve tanto o impacto e com isso entorta”, explica.

Uma das maneiras de evitar estragos é trafegar com os pneus bem calibrados. O recomendado é deixar os pneus com algumas libras acima do indicado que varia entre 33 a 35 libras. “Se o perfil do pneu é muito baixo, o ideal é usar acima de 30 libras e evitar passar em buracos”, observa.

Entre os sinais que indicam que alguma roda está com defeitos é perceber o carro chacoalhando, puxando para o lado ou com trepidação. “Ao bater em um buraco danifica-se além da roda, a geometria e o balanceamento. Esse problema resulta em desgaste irregular dos pneus”, afirma.

Outro detalhe a ser observado é quando o pneu começa a esvaziar ou baixar o número de libras. Segundo Fernando o recomendado é fazer uma revisão, pois a roda torta muitas vezes não interfere no balanceamento porque o sistema de direção hidráulica e a própria suspensão absorvem a trepidação.

Procure assistência especializada

De acordo com Fiegenbaum, ao perceber que a roda está danificada é preciso buscar rapidamente assistência especializada e profissionais capacitados para resolver o problema.

Quanto aos valores do conserto, estes variam de acordo com o estados das rodas. Desaconselha tornear ou marretar a roda. Se for soldar, é preciso observar o material e qual o tipo de soldagem indicada para cada caso. “O melhor é endireitar. Se um raio estiver trincado, terá que ser substituída. O ideal é fazer uma avaliação prévia para saber a real situação”, indica.

Quando o dano é verificado no aro, Fernando diz que é possível soldar. No entanto, reforça que a roda não pode ser torneada. Neste procedimento é danificado o material original que vem de fábrica. “Todo serviço mal feito gera prejuízos que podem até resultar em acidentes fatais. Por isso opte por profissionais qualificados e com ampla experiência”, aconselha.

Conforme Fiegenbaum é preciso evitar rodar com os pneus muito abaixo da calibragem recomendada. “Se a roda estiver torta ou trincada causará danos irreversíveis no pneu. Existe o risco até de explosão”, alerta.

Também destaca que é o ideal é colocar o pneu reserva quando um original estiver furado. Ao trafegar entre 10 ou mais quilômetros para chegar a oficina mais próxima, a estrutura será prejudicada e provavelmente precisará ser trocado. “Além de comprar um pneu novo, certamente terá que consertar a roda”, diz.

Saiba mais

A Fiegenbaum Rodas e Consertos atua há 30 anos no mercado automotivo. Alia experiência, credibilidade e respeito para oferecer um atendimento de excelência, qualidade, segurança e satisfação ao cliente. Possui uma estrutura moderna, com equipamentos de última geração e profissionais altamente qualificados para garantir agilidade no serviço e um preço acessível. Realiza orçamentos e faz avaliações prévias sem custos. Em casos onde o serviço demanda maior tempo, oferece ao cliente jogos de rodas reservas para evitar transtornos.

Onde encontrar o Fiegenbaum?

Endereço: Rua Barão do Triunfo, 117 – Americano – Lajeado/RS
Contato: (51) 3714-5435