O QUE FAZ E COMO FUNCIONA O SCANNER AUTOMOTIVO?

Equipamento faz varredura completa da central eletrônica do veículo e facilita diagnóstico de problemas

Existem muitos motivos que levam a luz da injeção a acender (você pode conferir aqui quais são eles), o que sempre foi um grande problema para os mecânicos, pois isso costumava significar horas ou até mesmo dias tentando chegar a um diagnóstico correto.

Foi então que surgiu o scanner automotivo, uma ferramenta capaz de detectar o problema do sistema de injeção eletrônica através de códigos exibidos na tela, o que otimiza o tempo que um veículo precisa ficar parado na oficina e também os custos envolvidos no seu reparo.

Como funciona o scanner automotivo?

O aparelho é conectado ao carro pela entrada OBD-II, ou diagnóstico de bordo, sistema ligado à central eletrônica do veículo. Ao ser conectado, ele faz a leitura de dados e parâmetros operacionais da injeção e apresenta, no visor, códigos de falhas que devem ser corrigidas no sistema.

O especialista, então, analisa esses códigos, assim como o histórico de falhas do veículo, e inicia os testes para chegar a um diagnóstico preciso e conseguir resolver o problema mais fácil e rapidamente.

Por isso é muito importante procurar uma oficina de confiança e que ofereça tecnologias diagnósticas como o scanner, pois assim você economizará dinheiro, evitando trocas desnecessárias e frequentes de peças.

Compensa ter um scanner automotivo em casa?

Sim e não. Na verdade, tudo vai depender de quem está por trás do equipamento, já que os códigos não apontam o problema exato do veículo, mas ajudam a guiar quem os está lendo para que um diagnóstico seja apontado corretamente.

O recomendado é procurar oficinas especializadas que possuam a tecnologia e profissionais qualificados para lidar com ela.

Fonte: ICarros

... Veja ofertas de Veículos Seminovos e Usados